domingo, 16 de maio de 2010

Série O Porto - A Chegada

O Porto é uma cidade portuguesa situada no noroeste da Península Ibérica, sede do município homónimo com 41,66 km² de área, tendo uma população de 216 080 habitantes (2008),[1] o que faz dela a segunda maior cidade de Portugal. A cidade é considerada uma cidade global gama[2] e é também a capital do Distrito de Porto, da Área Metropolitana do Porto, e é ainda o principal centro da região estatística do Norte. A cidade metrópole formada por municípios adjacentes que formam entre si um único aglomerado urbano conta com cerca de 1 394 046 habitantes.[1] Além disto, é o centro de uma grande área metropolitana com cerca de 1,7 milhões de habitantes e de uma região estatística com mais de 3,7 milhões de habitantes.[3]
A cidade do Porto é conhecida como a Cidade Invicta. É a cidade que deu o nome a Portugal – desde muito cedo (c. 200 a.C.), quando se designava de Portus Cale, vindo mais tarde a tornar-se a capital do Condado Portucalense, ou Condado de Portucale (condado que deu o nome a Portugal). É ainda uma cidade conhecida mundialmente pelo seu vinho, pelas suas Pontes e Arquitectura contemporânea e antiga, o seu centro histórico, classificado como Património Mundial pela UNESCO, e pelo seu clube de futebol Futebol Clube do Porto.


video

Tratando Lulas

video

As lulas são compradas inteiras e se tiverem congeladas colocamos água corrente para descongelar e em seguida retiramos as cartilagens que ficam dentro da lulas. Retiramos então a membrana fina de cor escura para então cortamos as lulas em anéis.

As lulas são moluscos marinhos da classe Cephalopoda, subclasse Coleoidea, ordem Teuthida, que inclui as subordens, Myopsina e Oegopsina (esta última inclui a espécie Architeuthis dux, a lula-gigante).
Como todos os cefalópodes, caracterizam-se por possuírem cabeça distinta, simetria bilateral e
tentáculos com ventosas. Assim como o choco, a lula tem oito braços, para a captura de alimento, e dois tentáculos, com função na reprodução. As lulas têm cromatóforos na sua pele, ou seja, células que permitem mudança de cor dependendo do ambiente em que se encontram, o que caracteriza sua capacidade mimetizante. Sendo coleóides, têm uma concha interna, chamada de pena, devido ao seu formato similar a penas de aves. As lulas movem-se por intermédio de propulsão, ejetando grandes quantidades de água armazenadas na cavidade do manto, através de um sifão de grande mobilidade e capacidade de direcionamento dos jatos. Por esta razão, além de seus corpos altamente hidrodinâmicos, são fortes rivais dos peixes no que se refere à habilidade de natação e manobrabilidade. Na boca, as lulas apresentam a rádula quitinosa que lhes permite triturar alimentos e que é a característica comum a todos os moluscos, exceto Bivalvia e Aplacophora. As lulas respiram por duas guelras e têm um sistema circulatório bombeado por um coração principal e dois subsidiários. São animais exclusivamente carnívoros, alimentando-se de peixes e outros vertebrados, que capturam através dos braços

sábado, 8 de maio de 2010

Couscuz Marroquino com Camarão e Risoto de Lagosto.

A Lenda do Risoto: A lenda que explica sua origem, diz que o prato foi inventado pelo artista Valerio di Fiandra, no final da Idade Média. Responsável pela criação dos vitrais da catedral de Milão, Fiambra era conhecido por apreciar a boa comida e boa bebida de sua terra. Era na taberna da cidade que ele aproveitava para degustar os bons vinhos locais. Sua filha mais velha costumava seguir o pai às escondidas e observar o que acontecia naquele "local proibido".
Com o tempo, a jovem acabou apaixonando-se pelo filho do proprietário da taberna.
E foi correspondida. Em setembro de 1574, os dois se casaram. Durante os preparativos da festa de casamento, Fiandra deixou cair um pedaço de açafrão dentro do arroz cozido no caldo. A lenda conta que a atitude de Fiambra foi uma demonstração de ciúmes pela filha.
O resultado dessa mistura acidental foi conhecido no final da noite, quando os convidados começaram a procurar o cozinheiro da saborosa invenção. Nascia o Risoto Branco ou Risoto alla Millanese (Risoto à milanesa), o mais tradicional de todos os risotos



Risotto aragosta con pepe rosso e abório riso- Trata-se do risoto de lagosta com pimenta vermelha (da arueira) e arroz arbório.




Risoto de Lagosta com arroz arbório e pimenta vermelha (arueira)






Couscuz marroquino com camarão, pimentão vermelho e cebolete. O couscuz marroquino é servido na penela chamada de Tajine. Na foto a tajine que vemos é para servir individualmente.



Tajine ou tagine (em Árabe: طاجين) é um prato gastronómico tradicional em diversos países árabes do norte de África, oriundo de Marrocos. É também o nome da panela especial utilizada na sua confecção, que é feita com barro cozido, pintado ou envernizado. Esta resiste a temperaturas elevadas de cozedura e é dotada de uma tampa cónica, concebida de forma que todo o vapor condensado volte para o fundo da panela. Sem a tampa, a base pode ser levada para a mesa para o prato ser servido.
Os pratos de tajine são cozinhados lentamente, a temperaturas baixas. Deste processo, resulta carne tenra, soltando-se dos ossos, com vegetais aromáticos e molho. A tampa possui uma espécie de maçaneta no topo, que facilita a sua remoção. Durante a cozedura, a tampa pode ser levantada sem a ajuda de pegas, permitindo ao cozinheiro verificar os ingredientes, adicionar vegetais, mexer e adicionar líquido, caso seja necessário.

As Coisas estão melhorando

08/05/10 6:00 Sábado. As coisas estão melhorando na Sarney. Após abrirem a pista da Rodovia José Sarney em frente a via de acesso ao condomínio Praia do Sul I a água começa a baixar facilitando assim o acesso ao condomínio. Será colocado 3 vias de manilhas para escoar toda a água repressada atrás do condomínio.

video

video

07/05/10 sexta feira à noite Abre-se o asfalto em frente a via de acesso do condomínio Praia do Sul I. Homens da Emurb trabalham na colocação de 3 vias de acesso de manilhas para escoar a água vindas dos fundos do Condomínio Praia do Sul I.

Enquanto isto na outra descontinuidade da pista as 2 fileira de manilhas já foram colocadas

video

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Vista aérea do Mosqueiro

Vista aérea do Condomínio Praia do Sul






Homens trabalham noite a dentro para recuperar pista

05/05/10 20:30 Homens da Emurb e DNER/SE trabalham dia e noite para recuperar a pista da rodovia José Sarney nas proximidades do Condomínio Praia do Sul I. Convém frisar que internamente o condomínio nada sofreu, apenas a via que da acesso a entrada principal do condomínio esta com bastante água até que esta água seja escoada devidamente para o mar. Inicialmente os trabalhos estão se concentrando na abertura da pista com a colocação de 2 vias de manilhas com cerca de 1 metro de diâmetro cada uma. Em seguida, na frete do condomínio, o asfalto também será rasgado para colocação de mais manilhas para escoar toda água repressada. A drenagem do condomínio continua sem sofrer alterações, drenando as águas das ruas internas do do condomínio.
Aguardem mais informações!

video

quarta-feira, 5 de maio de 2010

A Cratera formada na Pista José Sarney

video

05/05/10 8:00 Estas imagens retrata a cratera e a descontinuidade formada na pista da Rodovia José Sarney em decorrência da erosão ocasionada pelas águas represadas na lagoas de percolação. Diante de todos estes acontecimentos tanto ocorridos aqui em nossa cidade como em outros países, é preciso que tenhamos consciência do respeito as Leis da Natureza e com elas não podemos brincar. Na verdade, tudo isto que está ocorrendo, nada mais é do que uma resposta a ação de algum inescrepuloso que represou as águas em terrenos por atrás da pista formando lagos de criatório de peixes. A represa destes lagos através de muros de contensão alterou o percurso de um pequeno corrego que vai dar na nova ponte Jornalista Joel Silveira. O fato ocorrido já tinha sido denunciado as autoridades competentes, mas nenhuma providência foi tomada. Nós, moradores do Mosqueiro e proprietários de terrenos nesta região devemos ficar atentos aos fatos ocorridos e combrarmos das autoridades providências enérgicas para realização de macrodrenagem desta região de expansão. Portanto: Drenagem no Mosqueiro e adjacências urgente!

Erosão na Rodovia José Sarney


video

Estamos na via de acesso ao Condomínio Praia do Sul I e logo na frente observamos a erosão ocasionada pelas fortes chuvas ocorridas no início do mês de maio.

No Caminho existia uma cratera

video

Em decorrência da última chuva em Aracaju no início do mês de maio, um trecho da Rodovia José Sarney sofreu erosão devido a grande quantidade de água acumulada nas lagoas de percolação - comuns na zona de expansão. Esta descontinuidade da pista que da acesso tanto ao litoral do sul do estado como aos Condomínios desta região tem causado transtorno, porém, a drenagem local do Condomínio Praia do Sul I não foi atingida. As imagens acima demonstra o acesso ao Condomínio Praia do Sul I